Violeta Extravagante
Querido Diário


Acho que, embora a preguiça pese muito neste dia feriado, embora o dia ruim que está, pese muito neste dia feriado, embora eu estar a sofazar, a jogar majong no pc, a ordenhar no farmville e a ver um filme cheio de praias paradísiacas, pese muito neste dia feríado, não posso deixar de pensar neste dia: 10 de Junho, feríado nacional, Dia de Camões e das Comunidades.

Como o Tico e o Teco estão em estado zen;...muito slow, e muito chill out, mesmo que quizesse pensar, adormecia antes de os pôr a funcionar ,mas,  neste dia de Unidade Nacional, e assim rápidamente (rápidamente porque estou à rasquinha para acabar de ver o filme...ao menos há sol, praia e mecinhos espadaúdos...) Penso que cada vez mais, deviamos apostar (leia-se também: divulgar, consumir e acreditar) nos produtos nacionais.

Quando falo de productos nacionais, não estou sou a referir-me só aos ditos "consumiveis" do tipo. azeite, fruta legumes e até do leite. Mas por acaso quando vão às compras preocupam-se em comprar productos de origem portuguesa?
Eu até há bem pouco tempo não me preocupava muito, confesso, mas actualmente, acho que se queremos ter um país competitivo, se queremos superar esta crise, temos que começar "dentro de casa", começar por acreditar nos productores nacionais, acreditar que somos bons naquilo que produzimos. Acreditar em nós.

Ora para quê comprar leite vindo sabe-se-lá de onde, se podemos comprar leite dos Açores ao mesmo preço que esse leite de vacas estrangeiras!! (há cá poucas.....ups...ok, isto nã era aqui neste post...)

Ora para quê comprar malas, sapatos de marcas estrageiras se cá em Portugal temos tantas e tão boas??
Luís Onofre, Tela Bags, Xuz, Muu, por exemplo,  marcas que por vezes desprezamos quando sabemos que são de origem portuguesa, mas que são tão boas ou melhores que muitas que por aí andam.
Que tal, nós, gaijas giras, vaidosas, lindas e fabulásticas, desatar-mos a comprar produto nacional?

Eu cá alinho...aliás eu cá aposto na Selecção Nacional...e não estou só a falar de roupas e sapatos, porque nós, gaijas giras, também gostamos de futebol (que mais não seja para agradar-mos aos nossos gaijos giros, que nos aturam as TPM...)

Beijo e Abraceijo
5 Responses
  1. AVOGI Says:

    mas infelizmente a ideia do português sé que o que é de fora é que é bom ai credo isto tem muitos ééé kis :)


  2. sofia Says:

    Tens razão:
    Eu nas roupas ainda não pratico muito,mas na alimentação sim!
    Vou tentar estar ainda mais atenta.
    bj


  3. Carolina Says:

    A Violeta às vezes usa um vocabulário que por vezes me deixa de olho em bico!
    E com é que me vou actualizar se isso nem vem no dicionário?
    Ai espera aí: Deduzi um deles Sofazer= estar no sofá!
    etc etc etc...
    ;)


  4. Sofazar, Carolina, sofazar...
    Do mesmo género, que esplanar, e praiar ;)

    (eu adoro inventar palavras!! eheheh)


  5. Cida Says:

    Cara Violeta,

    Conheci seu blog através do blog da AVOGI, e estou simplesmente amando.
    Parabéns!

    Estive em Portugal em maio do ano passado, e gostei muito de tudo: País, povo, comida... e por aí afora.
    Minha avó paterna era portuguesa, e me orgulho muito disso.

    Aqui no Brasil, também é tendência de alguns, achar que o que vem de fora é melhor. As pessoas acabam pagando bem mais caro, ao invés de prestigiar o produto nacional.

    Aqui em casa, já me acostumei, e realmente existem 2 produtos que eu dou preferência aos de Portugal: Vinho e azeite. Quanto ao resto, na medida do possível, tento consumir o que é nosso.

    Então é isso amiga, qualquer dia estou de volta, okey?

    Um grande abraço prá você e fique com Deus.

    Cid@