Violeta Extravagante
Querido Diário


Continuo a navegar e a olhar de lado para a tv:

Érica, 1ª actriz porno portuguesa, 19 anos, diz que viu o seu 1º filme pornográfico aos 13, 14 anos....tudo normal, diz ela...
Diz que é actriz pornográfica há um ano....diz ela.
Sempre lhe fascinou a indrustria pornográfica...diz ela.


A Rita e o Francisco (Companhia das Manhãs) dizem que tem muito prazer em fazerem o trabalho deles ....a Érica também...diz ela.

A família ao principio não aceitou bem, mas agora até já fazem piadas com a profissão da filha.....diz ela.
(estou mesmo a ver: ai minha rica filha, nã conseguia ser actiz, agora é atrás!!!)

As pessoas mais idosas, até as senhoras, dão-lhe os parabéns...diz ela.
O namorado é actor....porno, e não têm ciumes um do outro....diz ela.

Pareço que estou a tuítar....digo eu.


Aquilo é verdade ou é encenação? Pergunta a Rita. Aquilo não é prazer, tenho que simular.....prazer prazer não tenho...mas tenho na profissão....diz ela.

Todas as cenas que eu fiz, é logo filmado à 1ª.....diz ela. (há leoa!!!.....digo eu.)

"Sinto-me mais nervosa aqui do que a filmar"...acredito, digo eu.


Salão Internacional Erótico de Lisboa (SIEL), que vai decorrer de 4 a 6 de Junho no Pavilhão 4 da Feira Internacional de Lisboa (FIL).
Ora aqui está uma coisa que gostaria de ver um dia...digo eu.

Etiquetas: edit post
10 Responses
  1. Anónimo Says:

    Pois foi eu também vi ..
    Diz que faz os filmes porque gosta, tem prazer em ser actriz porno,gosta muito da profissão. Mas depois diz Que não tem prazer nas cenas..?? Então gosta ou não gosta? e quando diz que gosta, gosta de quê afinal?


  2. AVOGI Says:

    É uma profissão como outra qualquer. o que interessa é que encha os bolsos dela e da família. Reparo que até o namorado gosta? ora o rapaz pensa desta forma se é bom para os outros e se eles gostam tb é bom para mim e vou gostar. o rapaz até gosta decair nos buracos que os outros alrgaram. kis )))


  3. Luis Says:

    Qualquer dia temos cursos para esta "profissão". Não sei qual foi a dela de ir à televisão com a intenção de "abrir as mentes" dos portugueses. Qualquer dia tamos tão abertos que a vida é uma orgia e as maquinas trabalham por nós e nos metem comida pela goela abaixo. Adeus à moralidade. Eu é que não alinho nessa.


  4. Caro anónimo.
    Espero que ela goste mesmo do trabalho dela....já temos muitos insatisfeitos na profissão....


  5. AvoGi e Luis

    Acho que casa um faz o que pode, por vezes o que pode coincide com o que quer...o que é óptimo.

    Mas creío, que se tivesse uma filha que aos 18 anos (diz ela) começou a fazer filmes porno, não iria pensar assim...

    luis, obrigada pela vizita :)))


  6. Luis Says:

    :)

    Mas olha... dizes que cada um faz o que pode, até aí não há mal nenhum. Agora, querer ser usada continuamente por estranhos para actos sexuais nos quais (ela diz...) não ter prazer, não faz sentido algum para uma mente sã. Mesmo que tivesse prazer! não fazia sentido algum. Até a Oprah que foi continuamente usada sexualmente pela sua própia familia durante anos (pedofilia) ela confessou ter prazer nesses actos pois os parceiros faziam o seu trabalho "bem", até ela perceber que aquilo não estava certo.
    Não está no sangue das mulheres gostarem deste tipo de acto, para elas o sexo é algo muito mais além do que prazer físico, é preciso haver carinho e o foreplay já começa antes da cama com beijinhos aqui e abraços até de à 2 dias atrás.

    Então, o que está menina actriz porno tem? Basicamente, é rebelde porque não houve ninguém a segura-la quando as hormonas de repente entraram no sistema sanguíneo na sua adolescência. O papel dos pais por mais chato que pareça e por mais "maus" que tenham que ser, estão certos ao castigar e impedir que seus filhos façam loucuras que venham a causar danos quase irreversíveis na sua personalidade. Ninguém esteve lá para a segurar, logo ela própria criou as regras do seu mundo baseadas na ignorância. Esta ida à televisão só pode ter 2 explicações:
    1) As pessoas que trabalham na industria, ou apenas o seu manager, pagou-lhe com um favor ou com dinheiro para promover o porno e desinibir as adolescentes em Portugal.

    2) Ela sente-se sozinha no seu tipo de vida e ninguém a compreende e a única maneira de se sentir bem com ela própria é de se convencer que realmente gosta do seu trabalho (por isso ela repetiu vezes sem conta "gosto do meu trabalho", era o seu único argumento) e que toda a gente a apoia no que faz e que é "perfeitamente natural". Ao ter mais pessoas a fazer o mesmo que ela já não se vai sentir tão mal, o que é tudo uma ilusão.


    Este tipo de comportamento tira qualquer "magia" que o sexo tem. Torna-se apenas num estimulador como por exemplo comer uma barra de chocolate. Bom na altura mas depois já precisas de outro. Usa, deita fora.

    Sinto-me impotente ao ver que o mundo e com suas ideias modernistas que provêem de criminosos e assassinos se espalhem para a gente boa como se fosse uma ideia vinda do bem. Com esta nova mentalidade de tolerância total a todo tipo de mentalidades estamos só a abrir caminho para todas estas "doenças", no entanto eles se justificam com o "temos que andar com os tempos...", é, andar até a nossa destruição, que é inevitável pelos vistos.

    Desculpa pelo discurso, mas alguém que que falar :)


  7. Luis, cada um é livre de expressar a sua opinião.
    É certo e sabido que a industria pornográfica vende,
    É certo e sabibo que na internet, a palavra porno, por exemplo é uma das mais pesquisaveis no google.
    Aliás....se calhar se não fosse este post por ter o titulo que tem, nem tu, Luis, tinhas vizitado o meu blog. Sejamos honestos.

    Fimes pornograficos há muito que existem, nem me choca a sua existência. O que realmente me choca é uma menina ter começado na insustria pornografica tão nova...
    Como mãe, não seria este o futuro que queria para a minha/meu filha/o.
    Ela ter ido à televisão, deve ter sido pela editora dos filmes, para fazer publicidade, ainda por cima vem aí este fim de semana na FIL o Salão Erótico.
    Mas realmente, o ar dela, o discurso dela...era uma miuda apenas, que tinha ali a lição bem estudada...


  8. Luis Says:

    Pra começar, eu só caí no seu blog porque fiquei chocado com a vinda desta menina à televisão com um tema destes, e fui ver se alguém mais estava também chocado/a. Na minha honesta opinião, pornografia não deveria de existir, e só vende porque os homens não se controlam.

    Certo, cada um é livre de expressar a sua opinião, e nem estou a impedir a ela de o fazer, ela é perfeitamente livre. Agora, as opiniões não são factos nem verdades. Se a uma pessoa acha que o céu é amarelo mas a pessoa ao lado achar que é lilás, quer dizer que estão as duas certas? Não, só há 1 verdade e as opiniões não importam, e a prostituição é errado, e não há volta a dar a esse tema. Tanto que, se não gostarias que teus filhos fossem fazer isso, porque não te importas que todo o resto to mundo o faça? Só a família é que importa? Ao deixar o resto do mundo fazer isso vai influenciar as nossas famílias quer queiramos quer não. Sabe-se lá o que é que nossos filhos fazem às escuras e com quem falam?


  9. Luis, qdo disse que cada um tem a sua opinião, era em relação ao que estava o Luis a dizer, do qual eu concordo.
    De maneira nenhuma queria algum filho meu nesta industria. Faria tudo para o impedir.
    Por outro lado, um homem/uma mulher feita, se quer ir para essa profissão...cada um escolhe o que gostar ou o que lhe der mais dinheiro...a familia pode não gostar, mas não tem nada a ver com isso...É a minha maneira de pensar.

    Não estou a falar de prostituição, que acho, na minha humilde opinião, que é diferente da industria pornográfica.


  10. Anónimo Says:

    Eu acho que eles são livres de fazerem o que quiserem. Acho bem que haja também actrizes porno em Portugal. Que surjam mais ...